Doença hereditária provoca resistência à anestesia local

Uma longa lista de sintomas define a rara síndrome de Ehlers-Danlos, caracterizada por um defeito na síntese do colágeno. Os pacientes tendem a apresentar fragilidade cutânea, hipermobilidade articular e até problemas na gengiva. Porém, alguns deles relatam um problema curioso: eles seriam resistentes à anestesia local.

Para compreender melhor este fenômeno, o especialista em reumatologia Alan Hakim e seus colegas do University College Hospital, em Londres, começaram a se aprofundar neste tema na década passada.

Como não há pesquisas médicas formais sobre o assunto, os médicos trabalham com diversas teorias. Uma delas indica que esses pacientes absorvam as substâncias anestésicas de forma irregular, devido a alterações nos seus tecidos. Também especula-se que seus nervos estejam posicionados em lugares inabituais.

Como isto se aplica à Odontologia?

Alguns cirurgiões-dentistas procuram outro ponto para injetar a anestesia, a fim de que ela funcione corretamente. Outros optam pelo bloqueio do nervo, para garantir que o paciente permaneça confortável durante trabalhos de perfuração. Porém, há situações em que o efeito da anestesia dura pouquíssimos minutos, insuficientes para que o cirurgião-dentista conclua seus procedimentos.

Como estes casos são pontuais, alguns profissionais da saúde permanecem céticos quanto à sua veracidade. Espera-se que, com a elaboração de um grande estudo acerca deste fenômeno, mais pessoas se conscientizem e busquem por soluções adequadas para melhorar a qualidade de vida dos portadores desta síndrome.

Fonte: http://www.odontonoticias.com.br/doenca-hereditaria-provoca-resistencia-anestesia-local/

0/5 (0 Reviews)
0/5 (0 Reviews)

2 thoughts on “Doença hereditária provoca resistência à anestesia local

  1. MARYEA COSTA says:

    Olá,
    Então eu sou um caso raríssimo, pq sou resistente inclusive à anestesia geral. Quando fiz as duas CESÁRIAS há mais de 40 anos, gritei do começo ao fim e tinha tomado a RÁQUIDIANA …
    HJ em dia, encontro a maior dificuldade pois nenhuma anestesia dura mais que 10 minutos e, algumas nem pegam.

  2. Pamella says:

    Passei por essa mesma dificuldade. Tomei três anestesias raquer e sai andando como se nada tivesse acontecido. E em duas cirurgias que fiz as duas senti dores insuportáveis. Alguém tem alguma resposta pra isso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!